terça-feira, julho 18, 2006

Poesia postada por um anônimo...

Palavras sempre belas de Florbela Espanca.

E eu, grata, sempre grata pelo desconhecido carinho.

Conto de Fadas

"Eu trago-te nas mãos o esquecimento
Das horas más que tens vivido, Amor!
E para as tuas chagas o ungüento
Com que sarei a minha própria dor.

Os meus gestos são ondas de Sorrento…
Trago no nome as letras duma flor…
Foi dos meus olhos garços que um pintor
Tirou a luz para pintar o vento…

Dou-te o que tenho: o astro que dormita,
O manto dos crepúsculos da tarde,
O sol que é de oiro, a onda que palpita.

Dou-te, comigo, o mundo que Deus fez!
Eu sou Aquela de quem tens saudade,
A princesa de conto: “Era uma vez…”"

9 comentários:

Anônimo disse...

Linda poesia, também adoro.Foi escrita por Florbela Espanca. Uma escritora que tinha como amiga somente as palavras e apenas por elas podia expressar seus sentimentos tão reprimidos. Não importa a época em que foi escrita...Tudo que ela já escreveu me toca profundamente. O amor nunca vivido, o amor sempre distante...

Anônimo disse...

Ola gostaria muito de te conhecer melhor... entrarei em seu blog para ver se vc escreveu alguma coisa... logo deixarei noticias em seu Orkut ok... aguardo bjs

Lua disse...

É de fato uma linda poesia.
A Florbela Espanca é única, faz das palavras sentidos que podem ser quase reais em nós, ela sabe despertar isso pelo que escreve.
Gostaria muito de também te conhecer mais de perto...esperarei suas notícias no Orkut e não esqueça de sempre fazer uma visitinha no blogger, pois me dedico com imenso carinho a postar para pessoas assim como você.
Com carinho...Lua.

Anônimo disse...

Te envio sempre poesias de Florbela Espanca.Tem sempre uma bela poesia dela escrita pra você. Espero que não me confundas com o anônimo que disse visitar-lhe em breve no Orkut.

Amiga


"Deixa-me ser a tua amiga, Amor,
A tua amiga só, já que não queres
Que pelo teu amor seja a melhor
A mais triste de todas as mulheres.


Que só, de ti, me venha magoa e dor
O que me importa a mim? O que quiseres
É sempre um sonho bom! Seja o que for,
Bendito sejas tu por mo dizeres!


Beijá-me as mãos, Amor, devagarinho...
Como se os dois nascessemos irmãos,
Aves cantando, ao sol, no mesmo ninho...


Beija-mas bem!... Que fantasia louca
Guardar assim, fechados, nestas mãos,
Os beijos que sonhei pra minha boca!..."


Florbela Espanca

Anônimo disse...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»

Anônimo disse...

I find some information here.

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Looks nice! Awesome content. Good job guys.
»

somebody disse...

酒店經紀人,菲梵酒店經紀,酒店經紀,禮服酒店上班,酒店小姐,便服酒店經紀,酒店打工,酒店寒假打工,酒店經紀,酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工經紀,制服酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工,酒店經紀,制服酒店經紀,酒店經紀