domingo, maio 14, 2006

Fumaça...











Fumaça que esvoaça
Que dança
Que passa
E nem sequer repara
Quem sonha ao te olhar
Que voa ao te ver dançar

Fumaça perdida
Sem vida
Sem graça
Que voa pra longe
Levando você
E eu, o que posso fazer?

Vou também me perder
Para encontrar você...


Renata Costa