sexta-feira, setembro 19, 2008

Presente da Lua...

Eternamente

Me solta um sorriso
meio sem juízo
e retribuo.
Quero estar em teus poemas
entre flores
e amanheceres.
Me manda tuas vontades
que as faço
e refaço.
Quero estar em teus desejos
de hoje
e sempre.
Me entrega tuas vidas
já foram minhas
já é minha.
Quero acordar eternamente
naquela tarde nublada
tão colorida.

Lua